Translate

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Novinho magrelo peladinho mostrando sua Jeba



Contos: Dando o Cusinho pra um Drogado na Rua

Oi galera, me chamo Marcelo e o que vou contar aqui é verídico e foi gostoso pra caralho.
Nesta época eu estava morando sozinho em um bairro chamado mangabeira aqui em joão pessoa - paraíba.
Já passava da 00:00 e estava em casa sem o que fazer, doido pra foder, encontrar alguém, o maior tesão.
Então resolvi dar uma volta pelo bairro, a pé mesmo.
As ruas desertas, pois as pessoas aqui costumam dormir cedo e lá fui eu.
De longe observo um cara magro, de mais ou menos 1,70 de altura, pelo jeito estava bêbado ou drogado vindo em minha direção, puta merda já fiquei com tesão.
Fui em direção a ele e o cumprimentei: e ai, beleza?
ele respondeu: beleza mano, tu ta indo pra onde?
não exitei e fui bem direto: tava doido pra chupar uma piroca!
Ele olhou pra mim e agarrou seu pau e disse; ta aqui!!
Em uma rua tinha uns 4 kitnetes abandonados e que já estavam demolindo, fui pra la com ele. abaixei e quando abri o zipper da bermuda dele, aquela vara morena, grossinha e de mais ou menos uns 21 cm,


Fiquei louco de tesão e cai de boca.
Estou eu lá com o maior tesão naquela piroca, quando ele olha pra mim e disse:
Olhe seu mizera, você vai pagar uma grade de cerveja pra mim, lá num bar que eu conheço, se não eu lhe mato aqui.
Fiquei todo me tremendo, mas o tesão era maior. fiz o maior truque, comecei a alisa-lo e verificando se ele estava armado, e dizendo: pago porra, relaxa, vamos gozar
Ele não estava armado, só o pirocão que tava a 1000.
Voltei a mamar aquele cacetão gostoso, engolia aquela pica e cada vez que eu engolia ele gemia com tesão.
Chupei as duas bolas do ovo, ele ficou louco, comecei a babar e cuspir na piroca dele e bater com ela em minha cara.
Ele então me levantou tirei a minha bermuda, ele me colocou com as mãos na parede e cuspiu no meu buraquinho que piscava de tesão.
de repente senti aquele mastro entrando em meu cú. 
                              

confesso que doía, mas o tesão era maior, sentir aquele marginal drogado enfiando em meu cú com a maior brutalidade aquele mastro moreno.
Ele começou a estocar e bombar em meu cuzinho, a vontade que eu tinha era de gritar e mandar ele meter mais e mais.
O macho me chamava de puta, viadinho e perguntava se eu tava gostando do pauzão dele no meu cuzinho.
Eu disse: vai caralho me fode, enche meu cuzinho de porra.
De repente ele começou a me morder e gritar bem grosso: to gozando caralhooooooo!
Senti as jatadas de porra em meu cú, quando ele puxou tava todo fodido, meu cú ardido, mas com tesão.
O marginal então depois que eu vesti a minha calça, disse: vai pagar agora minha cerveja?
Eu disse: não! não tenho dinheiro agora não, fica pra depois.
ele: vc vai pagar agora seu mizera!
eu disse: pago não boy, depois eu pago
Ai ele saiu puto comigo, enchi o peito e peitei na marra, ele temeu.
Foi gostoso galera!!

Quem aguenta comenta!

Visitante Frajola

Quer sua foto ou video publicado em nosso blog? Envie para nosso e-mail novinhosapekas@gmail.com




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...